UFPB concede título de Doutor Honoris Causa ao sociólogo Chico de Oliveira

Durante programação do “CCHLA Conhecimento em Debate”, Reitor Rômulo Polari entrega o maior título outorgado pela universidade a intelectual pernambucano

O intelectual pernambucano, Chico de Oliveira, que trabalhou na Sudene ao lado de Celso Furtado, recebeu ontem (22) à noite da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), o título de Doutor Honoris Causa. O título foi entregue pelo reitor Rômulo Polari a partir da propositura da diretora do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA), Aparecida Ramos.

“Esse título é o mais importante outorgado pela universidade. É o que melhor expressa o mérito efetivo de quem recebe. Chico de Oliveira é um nordestino merecedor, que contribui na área da ciência social, não apenas para a UFPB, mas também para todo o País e o exterior”, afirmou o reitor da UFPB, Rômulo Polari.

Aparecida Ramos, em seu discurso de proponente do título, ressaltou a importância do intelectual para as Ciências Sociais. “Chico é hoje um dos principais intelectuais brasileiros, crítico, ativo, repleto de compromissos. Um pensador em movimento. Por isso, a UFPB tem a honra de conceder esse título”, completou a diretora do CCHLA.

Francisco Cavalcanti de Oliveira, mais conhecido como Chico de Oliveira, recebeu a honraria emocionado e a dedicou à memória de Celso Furtado. “É muito difícil disfarçar a emoção. Mas eu prometo continuar ativo, vigilante às causas sociais. Sou muito ligado a Paraíba e recebo essa homenagem em nome de todos que ousaram assaltar o castelo da opressão e àqueles que me ajudaram a fazer minha trajetória”, disse.

Rômulo Polari destacou ainda que o título é raríssimo e concedido apenas em casos especiais. “Já participei de muitas solenidades de entrega desse título. Duas me marcaram profundamente. Essa de hoje e a de Celso Furtado, quando tive a honra de fazer a saudação acadêmica ao agraciado. Eu, que sempre fui um leitor renitente desses dois pensadores, estou muito feliz de estar hoje aqui”, finalizou o reitor ao encerrar a sessão solene.

CCHLA em Debate

A entrega do título de Doutor Honoris Causa ao intelectual pernambucano faz parte da programação do IX CCHLA em Debate, realizado pelo Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes da UFPB. O evento teve início na última segunda-feira (22) e será encerrado na sexta (26). Nesses cinco dias, serão apresentados quase mil trabalhos, palestras, conferências, debates e apresentações culturais. Chico de Oliveira e o professor e músico paraibano Radegundis Feitosa são os grande homenageados do evento deste ano.

O CCHLA em Debate reúne pesquisadores de renome nacional, professores e estudantes e tem como tema central “Humanidades Hoje!”. No encontro, estão sendo discutidos, entre outros pontos, qual tem sido o lugar das humanidades na sociedade contemporânea e o que está acontecendo às ciências humanas, à filosofia, às letras e às artes neste início de milênio.

“Este evento é pluralista e crítico. Durante esses cinco dias serão contempladas todas as ciências sociais contemporâneas e mostrada a vitalidade do meio acadêmico do CCHLA”, afirmou Aparecida Ramos.

Confira programação completa.