CICLO DE FILMES E DEBATES RETOMA AS ATIVIDADES NA UFPB

Projeto de extensão reinicia as atividades com exibição do filme “Zero de Comportamento”, de Jean Vigo; acesso aos eventos é gratuito, e aberto para o público em geral

Com a volta às aulas, o projeto de extensão Cinema francófono: estética, poder e relações interculturais reinicia suas atividades do segundo semestre. Até novembro haverá três encontros do ciclo de leituras e seis sessões de cinema seguidas de debate.

Na próxima quinta-feira, 30 de agosto, será exibido o média-metragem Zéro de conduite (Zero de comportamento), de Jean Vigo (França, 1933, 44min), seguido de debate com a cineasta e produtora Ana Bárbara Ramos e o professor Fernando Trevas, que é coordenador do curso de Cinema e Audiovisual da UFPB. A sessão será às 17h, na Praça da Alegria (CCHLA), em parceria com o projeto “A extensão ocupa a Praça”.

O projeto de extensão é realizado pelo Grupo de Estudos em Estética, Técnica e Sociedade (DCS/UFPB) e o Departamento de Mediações Interculturais da UFPB, em parceria com a Assessoria para Assuntos Internacionais, Idioma sem Fronteiras, Associação Brasileira dos Críticos de Cinema, Cinemateca da França/Embaixada da França / InstitutFrançais e Alliance Française. A proposta original do projeto reafirma a disposição de partir do cinema como veículo catalisador de problematizações, contando com a atenção dedicada de especialistas do campo da arte e das ciências sociais, bem como do público participante.

Iniciado no mês de maio, o projeto, que tem como público alvo professores de Sociologia e Filosofia no ensino médio da rede pública estadual, além de estudantes de graduação e pós-graduação dos cursos de humanidades e artes da UFPB, já conta com um volume significativo de exibições de filmes e discussões. Na primeira fase sublinhou-se temáticas ligadas ao emblemático maio de 68 e seu cinquentenário, rememorando sua importância para o mundo, mas, sobretudo, buscando as interfaces com a contemporaneidade. Temas como contexto sociopolítico, relações raciais, conjunturas familiares e o lugar do documentário e da ficção orbitaram os debates e compuseram uma grande moldura do ano de 1968. Chris Marker, Louis Malle, Agnès Varda e Jean Rouch foram alguns dos nomes escolhidos pela curadoria do projeto para a primeira fase.

Aos interessados, estão abertas as inscrições das duas atividades do projeto tanto para membros internos quanto externos à UFPB, que garantem certificação e podem ser feitas pelo SIGAA a partir do seguinte endereço:

https://sigaa.ufpb.br/sigaa/public/extensao/paginaListaPeriodosInscricoesAtividadesPublico.jsf.

O link também dá acesso a informações sobre as programações das duas atividades.

 

AGENDA

Ciclo de exibição e debate (Sessão 5)

Data: 30 de agosto de 2018 | Local: Praça da Alegria, CCHLA |Hora: 17h
Filme: Zéro de conduite / Zero de comportamento, Jean Vigo, França, 1933, 44’, pb, 35mm
Sinopse: A volta às aulas traz estudantes de volta à escola. A vida escolar recomeça, pontuada por controle e castigos no dormitório. Crianças cansadas da disciplina se preparam para a revolta. Em plena aurora do cinema sonoro – e ascensão do nazi-fascismo, Vigo sai em defesa da anarquia e fantasia como antídotos para o autoritarismo.

Debatedores:

Ana Bárbara Ramos (Cineasta e produtora cultural, PB)

Fernando Trevas (Coordenador do Curso de Cinema e Audiovisual da UFPB)

 

Informações: gets.dcsufpb@gmail.com

Redes Sociais:

Página do Ciclo de Filmes: https://www.facebook.com/events/1691607617622496/?notif_t=plan_user_invited&notif_id=1527810309462117

Página da Sessão de Leituras:

https://www.facebook.com/events/1424333791046045/?notif_t=plan_user_invited&notif_id=1527808194869370