Você está aqui: Página Inicial > Contents > Menu > Institucional > Planejamento e autoavaliação > Autoavaliação
conteúdo

Autoavaliação

por Coordenação publicado 14/10/2021 01h45, última modificação 07/12/2021 11h52
Autoavaliação PPGS - UFPB

 Autoavaliação

 A UFPB fez um grande investimento em sua política de Auto avaliação e Avaliação de Egressos. O PPGS acompanhou todas as ações desenvolvidas pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PRPG) com o intuito de adaptar as recomendações à especificidade de nossa área e incorporar as práticas de autoavaliação e avaliação de egressos ao nossos cotidiano, antevendo sua centralidade para os caminhos futuros da Pós-Graduação no Brasil. No que segue, indicamos as ações da UFPB e os desdobramentos em nossas atividades.

A política de autoavaliação praticada pela UFPB é acompanhada pela Comissão Própria de Avaliação-CPA, instituída pela Portaria R/GR nº 806, de 2013, e é responsável por articular e coordenar a avaliação interna da instituição, num processo que teve início com a avaliação da graduação. Em fevereiro de 2019, a PRPG instituiu a Comissão de Análise e Propositura de Critérios de Planejamento e Autoavaliação da Pós-Graduação da UFPB para criar o processo institucional de auto avaliação da Pós-graduação e implementou uma sistemática própria com estratégias e metas definidas para a promoção e incremento de processos de auto avaliação. A partir de outubro de 2019, os coordenadores da pós-graduação começaram a se reunir para compreender e discutir a implementação dos processos e as especificidades de cada área. 

 

Projeto de autoavaliação

 Como a autoavaliação deve ser um processo contínuo, a comunidade do PPGS- UFPB acordou que continuaremos seguindo o roteiro de ações de autoavaliação proposto pela PRPG, reconhecendo a importância dos seus resultados como propulsores de uma discussão sistemática sobre nossas ações.

Contudo, através da Comissão de Autoavaliação, também incorporaremos uma dimensão de pesquisa qualitativa ao processo, realizando, além das reuniões trimestrais que fazem parte da proposta, um exercício de pesquisa (com os alunos interessados). A ideia é que, através do desenho e produção de uma análise qualitativa das nossas rotinas de produção, possamos traduzir o processo de autoavaliação em práticas mais estreitamente relacionadas ao olhar sociológico sobre o mundo e, nesse sentido, a autoavaliação possa se tornar um processo significativo e incorporado à prática do Programa.

Em resumo, nosso plano de autoavaliação permanente está baseado nas seguintes atividades e roteiro:

  • Reuniões trimestrais;
  • Levantamento de dados gerais através da participação na pesquisa realizada pela PRPG;
  • Pesquisa qualitativa a ser realizada no primeiro semestre (Comissão de autoavaliação e Voluntários);
  • Apresentação dos resultados da Pesquisa Qualitativa na Semana Acadêmica (segundo semestre de cada ano); 
  • Reunião anual de Autoavaliação e Planejamento.