Denilson P. de Matos

 

Lattes: http://lattes.cnpq.br/0733526938088480

E-mail: denilson@cchla.ufpb.br

Grupo de Pesquisa: 

1) TLB: Teorias Linguísticas de Base

http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/1401444172048026

 

PROJETOS:

1)     TEORIAS LINGUÍSTICAS DE BASE E O DESENVOLVIMENTO DE PESQUISAS EM LINGUÍSTICA FUNCIONAL

Este projeto sustenta-se em dois pilares: a) o debate e o estudo das teorias linguísticas de base; b) estudos e pesquisas em Linguística Funcional, respectivamente, por entender qu “a” funciona como aporte teórico primário para um aprofundamento efetivo nos estudos sobre o funcionalismos linguístico. Nesta acepção, esta proposta, considerendo-se que a discussão sobre o funcionalismo

 

2) TEORIAS LINGUÍSTICAS DE BASE: DA HISTÓRIA DA LINGUÍSTICA ÀS TEORIAS DO SÉC. XX

Criação de alicerce teórico capaz de sustentar as discussões sobre língua/linguagem: morfologia e morfossintaxe, com a participação de alunos da graduação de letras e pós-graduação de linguística (PROLING). A partir destes estudos o grupo vai realizar algumas aplicações que estimulem o desenvolvimento de linhas, projetos e programas, vislumbrando ações e publicações que colaborem na descrição de fenômenos linguísticos no português do Brasil e, mais especificamente, as manifestações lingüísticas concretizadas no discurso do texto escrito paraibano. Assim a meta desta primeira etapa é fomentar o aporte teórico primário para um aprofundamento efetivo nos estudos sobre o funcionalismo linguístico. Os fundamentos teóricos, desta etapa, serão elencados a partir de uma lógica que os compreende como essenciais na formação do pesquisador na área da Linguística. Genericamente as principais vertentes do que se definiu chamar Teorias de Base são: Linguística histórico-comparativa, Pré-estruturalismo (Saussure); Estruturalismo (CLP- Círculo Linguístico de Praga, Mattoso Câmara); Teoria do Inatismo, via Chomsky; Teoria sociointeracionista, via Vigotsky; Teoria da Variação (via Labov e Tarallo); Estudos sobre o texto, via Beaugrande/Dressler, Koch; Estudos sobre o discurso, via Bakthin; e Linguística Cognitiva via, Langacker.