Dissertações

O RESGATE DO LITERAL DAS METÁFORAS CONCEPTUAIS EM MAFALDA GERANDO O HUMOR: UMA ANÁLISE POLIFÔNICA

RESUMO

Este trabalho consiste em identificar e analisar as expressões lingüísticas atualizadoras de metáforas conceptuais nas histórias em quadrinhos da personagem Mafalda à luz das Teorias da Polifonia e da Literalidade, ressaltando sua contribuição na construção dos sentidos dos textos de humor. A Teoria da Metáfora Cognitiva estabelecida por Lakoff & Johnson (2002[1980]), a Teoria da Polifonia proposta por Ducrot e colaboradores (1988), a Teoria da Literalidade de Searle (2002), os postulados de Bakhtin (1992 [1979]) e Marcuschi (2003) para caracterização do  gênero  textual, além de algumas considerações realizadas por pesquisadores das histórias em quadrinhos, tais como: Preti (1973), Lavado (2002), Silveira (2003), Mendonça (2003), Nepomuceno (2005) formam os pressupostos teóricos que embasaram este estudo. Os resultados da análise apontam para a confirmação da hipótese de que as expressões lingüísticas encontradas atualizam as metáforas conceptuais, além de que há a polifonia de enunciadores, pois para gerar o humor pretendido pelo autor das histórias em quadrinhos mister se faz a literalização das metáforas conceptuais.
Palavras-chave: Metáforas Conceptuais. Polifonia. Histórias em quadrinhos. Literalidade.
Humor.