José Ferrari Neto

Lattes: http://lattes.cnpq.br/0982550255078545

E-mail: joseferrarin@ibest.com.br

 

Grupos de Pesquisa:

1) dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/1039193809503298

2) dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/1237096254713239

PROJETOS:

  1. PROCESSAMENTO E AQUISIÇÃO DAS RELAÇÕES CORREFERENCIAIS: UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE AS RELAÇÕES ENTRE LINGUAGEM E MEMÓRIA DE TRABALHO

Este projeto visa caracterizar aspectos do processamento e da aquisição das relações de correferência por falantes adultos e por crianças em fase de desenvolvimento linguístico inicial do Português Brasileiro (PB). Por correferência entende-se o fenômeno linguístico no qual certos elementos linguísticos presentes na cadeia discursiva estabelecem uma relação referencial entre si e entre outras entidades de mundo. Estas relações podem ser do tipo anafóricas, nas quais um elemento, dito antecedente, é recuperado por outro, dito retomada, em momento posterior da cadeia discursiva, ou Página 1 de 4catafóricas, onde um elemento situado em momento posterior da cadeia discursiva é antecipado por um outro elemento que a ele se refere. O presente projeto vincula-se aos projetos de pesquisa desenvolvidos no LAPROL (Laboratório de Processamento Linguístico), da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), os quais são conduzidos sob uma perspectiva modular do aparato cognitivo de processamento da linguagem, assim como assumem como fundamental a relação entre conhecimento linguístico (gramática) e processador sintático (parser), bem como entre outros componentes da cognição humana, em especial a memória.

2. PROCESSAMENTO, AQUISIÇÃO E REPRESENTAÇÃO LEXICAL DE FORMAS MORFOLOGICAMENTE COMPLEXAS DO PORTUGUÊS BRASILEIRO

Este projeto visa caracterizar aspectos da competência lexical de falantes adultos e de crianças em fase de aquisição inicial do Português Brasileiro (PB). Por competência lexical entende-se o conhecimento que um falante possui sobre o léxico de sua língua. Essa competência compreende o conhecimento de uma lista de itens lexicais e das relações entre eles, o conhecimento de sua estrutura interna e o conhecimento subjacente à capacidade de formar novos itens, rejeitar formações lexicais agramaticais e ainda de processar esses itens, reconhecendo seus elementos constituintes e sua estrutura interna. O presente projeto assume que uma caracterização adequada da competência lexical de um falante de PB requer a análise de aspectos ligados à Morfologia dessa língua, especialmente no que se refere à organização e à caracterização da componente morfológica da gramática e da sua relação com sistemas de processamento linguístico. Dentre os aspectos da competência lexical que merecem ser investigados citam-se os concernentes ao léxico, sua caracterização e seu lugar em modelos de língua e de processamento linguístico, a organização e representação dos itens lexicais nele armazenados, o modo como se dá o acesso a eles, a descrição dos mecanismos gramaticais que permitem a formação de novos itens, além do desenvolvimento e aquisição desses mecanismos por um falante de PB. Para proceder a essa investigação, o projeto ora apresentado pretende analisar como se dá o processamento, a aquisição e a representação lexical de formas morfologicamente complexas, em especial aquelas que são produto do mecanismo gramatical de derivação morfológica, em seus vários tipos, e produto de flexão morfossintática, como gênero e número.