Rubens Marques de Lucena

Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=P099309

Email : rubenslucena@cchla.ufpb.br

Site do projeto: vinculado ao Projeto Variação Linguística no Estado da Paraíbahttp://projetovalpb.com.br/projetovalpb/

 

 

PROJETOS:

  1. ESTUDOS SOBRE A ACOMODAÇÃO LINGUÍSTICA NO PORTUGUÊS BRASILEIRO (VINCULADO AO PROJETO VARIAÇÃO LINGUÍSTICA NO ESTADO DA PARAÍBA)

Este projeto visa a investigar o processo de acomodação linguística entre variedades do português brasileiro. À luz da Teoria da Acomodação da Comunicação (GILES et al., 1987), pretende-se entender como os falantes, em contato com outra variedade linguística, assimilam novos traços fonético-fonológicos, lexicais e discursivos. Como objetivos específicos, pretendemos: a) constituir um corpus de falantes de outras regiões que vivem há mais de 2 anos em João Pessoa, para compreender o processo de convergência linguística; b) discutir, com base nos dados empíricos e em estudos já conduzidos em outras regiões do Brasil, as variáveis (sociais e estruturais) que estão em jogo nesse processo; c) comparar possíveis semelhanças e diferenças dos dados obtidos em João Pessoa com outros trabalhos realizados no País. 

2.  ESTUDOS EM AQUISIÇÃO FONOLÓGICA DE LÍNGUA ESTRANGEIRA A PARTIR DE PADRÕES VARIÁVEIS DO PORTUGUÊS BRASILEIRO

Este projeto de pesquisa objetiva analisar as implicações da variação da língua materna na aquisição fonológica de língua estrangeira (com maior destaque para o inglês como L2). Busca-se comparar a variação no dialeto paraibano com outras variedades do português brasileiro, verificando o grau de influência da L1 na aquisição de L2. O objetivo é apontar não somente as consequências, em termos empíricos, decorrentes desse tipo de variação, mas, também, verificar tais consequências sob a esfera teórico-analítica da Teoria da Otimalidade (PRINCE & SMOLENSKY, 1993, McCARTHY & PRINCE, 1993, 1995).